OFUROS EXTERNOS

8 dicas sobre spas e ofurôs externos, essenciais!

Hoje em dia, com a correria e estresse do cotidiano, buscar opções para relaxar se tornou primordial.

Claro que não existe lugar melhor para relaxar que a nossa própria casa.

Justamente por isso que os spas externos deixaram de ser um item de luxo e passaram a ser um dos melhores investimentos para o conforto do lar.

Seja com banheiras de hidromassagem, jacuzzis ou ofurôs externos, a idéia é fazer do seu quintal um refúgio.

Mas com tantas opções, fica difícil fazer a escolha ideal ou ter a certeza de que realmente vale a pena o investimento.

Então, vamos te mostrar agora 8 dicas sobre spas externos e ofurôs externos. Acompanhe.

Spas externos ou ofurôs externos: Qual a diferença dos dois?

Antes de mais nada, devemos levar em consideração a diferença dos dois produtos.

Spas externos

banheira spa redonda

Também conhecidos por uma de suas mais famosas marcas: Jacuzzi, os spas externos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia e modernidade, focados em um robusto sistema de jatos para hidromassagem mais completos que os do ofurô.

Ofurôs externos

OFUROS EXTERNOS

Os ofurôs externos por sua vez, são clássicas banheiras japonesas com revestimento de madeira.

O formato oval e intimista pode vir em diversos tamanhos, com ou sem jatos de hidromassagem.

E por falar em acomodação, os ofurôs externos tem maior profundidade, permitindo que o corpo fique totalmente imerso, inclusive os ombros.

O design também foi projetado para que se possa curtir o banho em posição fetal.

Segundo os antigos costumes orientais, o corpo tende a renovar a energia através do retrocesso ao ventre materno, de forma subconsciente.

Além do modelo clássico amadeirado, ainda existem modelos com revestimento interno feitos de fibra de vidro, plástico e acrílico.

Então agora que você já sabe a diferença entre um e outro, vamos as dicas!

1.Aproveite o espaço na hora da instalação

Os spas externos tem modelos mais variados com tamanhos e formatos para todos os gostos.

Já os ofurôs externos são fornecidos normalmente nos formatos oval e redondo.

Sejam banheiras, spas ou ofurôs, no formato redondo você perde espaço no ambiente, isso é uma questão lógica, já que nesse formato se perde o espaço dos cantos.

Os ofurôs tem um conceito de banho mais intimista, porem existem no mercado ofurôs que tem a capacidade para 1 a 12 pessoas.

Dessa forma, se você gosta de reunir a família e os amigos, e quer aproveitar ao máximo o seu espaço no quintal, os spas externos são a melhor pedida.

Detalhes técnicos para todos os modelos com hidromassagem também devem ser levados em consideração, como a estrutura de apoio, que deve ser bastante resistente, ter ponto elétrico, escoamento e entrada da água.

Assim, na hora da instalação dê preferência para áreas como:

● gramado
● varanda
● terrenos elevados

2.Integre os spas externos a piscina

SPA EXTERNO COM PISCINA

Outra maneira de instalar os spas é integrado à piscina, ou na antesala da sauna, como na imagem acima.

Para isso, a maneira mais fácil é realizar todo o planejamento em um projeto único, principalmente se o spa for entrar na área da prainha, região mais rasa da piscina.

Ainda existem projetos integrados, que podem ser viáveis, mesmo que você já tenha a piscina.

A banheira spa pode ficar a poucos metros da piscina proporcionando mais opções de lazer para o seu ambiente.

3.Decoração a altura

Além da área disponível para instalação, outro fator fundamental é a decoração.

O ofurô em madeira fica perfeito com uma estética mais rústica, deixando o local mais aconchegante.

Então, o mais apropriado para a atmosfera em volta dos ofurôs externos é um paisagismo que transmita serenidade.

Assim, o bem estar e clareza mental não virá apenas do ofurô, mas de todo o ambiente.

Para isso podem ser usados móveis de vime, tendas, esteiras, lanternas decorativas e almofadas com tecido náutico, além do decks de madeira é o toque final.

Os spas externos por sua vez, são peças mais modernas.

As banheiras spas externas em acrílico são mais confortáveis do que em alvenaria. Isso porque possuí um design testado e aprovado ao longo dos anos.

Quedas d’água com luzes de led podem rematar a sofisticação.

Contudo, os spas externos podem ser incluídos em áreas de lazer com propostas diferentes da habitual, indo do ambiente mais simples ao mais excêntrico e luxuoso.

4.Vegetação em torno dos spas e ofurôs externos

SPA EXTERNO AREA VERDE

Ao redor a vegetação também faz toda a diferença como as plantas ornamentais, bambuzal, garantindo o verde tropical, principalmente para os ofurôs externos, mas levando sempre em consideração o clima local e a manutenção.

Os oásis verdes nas áreas externas são uma grande tendência não só para os ofurôs e spas externos, mas para qualquer ambiente a luz do sol.

A maior influência vem da busca por liberdade e refúgio dentro dos grandes centros urbanos.

5.Cromoterapia

Um acessório que proporciona bem-estar e beleza ao mesmo tempo é a cromoterapia.

Nela a infinita paleta de cores das luzes de led proporcionam um banho ainda mais revitalizador.

Cada cor traduz um tipo de sensação, fazendo com que cada banho possa ter um objetivo diferente.

6. Aromaterapia

Os ofurôs externos contam a possibilidade da terapia pela aromatização, que são banhos a base de óleos, colônias e plantas aromáticas.

O perfume exalado desperta sensações de prazer e bem estar no corpo e a inalação ainda ajuda na desobstrução das vias respiratórias.

No japão a prática de tomar banho quente com óleos essenciais é milenar, sendo usada como tradição em diversos rituais preparatórios no Japão, sendo um ótimo método de reconexão entre o corpo e a mente.

7.Hidroterapia

Normalmente, a própria água com diferentes temperaturas, por si só já tem capacidade para diferentes tipos de resultados no nosso corpo.

Confira algumas recomendações de hidroterapia:

● 10ºC: Acelera a ação metabólica do corpo e melhora o aspecto da pele.Aumenta o metabolismo e a imunidade além de tonificar a pele.

● 36ºC: Reduz a tensão muscular e elimina os radicais livres.

● 39ºC: Melhora o nervosismo e induz ao sono.

Contudo, a hidroterapia ainda:

● melhora a circulação sanguínea
● promove o equilíbrio hormonal
● previne celulite e estrias
● estimula drenagem do sistema linfático

A maioria dos modelos de banheiras ainda trazem jatos de hidromassagem, com regulagem e pressão para personalizar o seu banho e reduzir a tensão no dia-a-dia.

8.Manutenção

E por último, e não menos importante, a manutenção dos spas e ofurôs externos deve ser feito com a utilização do sistema de tratamento de água, composto de filtro e ozonizador, além de um bactericida caso haja necessidade. (deve-se medir o residual do cloro).

A manutenção é simples pois basta ligar o sistema de tratamento de água para que o processo inicie.

Por fim, é indispensável o uso da capa protetora para conservar a água limpa, evitando folhas e partículas de sujeira.